quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Direitos dos Povos Nómadas


O património cultural da Humanidade está vivo e, felizmente para a diversidade humana!, a sua existência consubstancia a vida concreta das populações... contudo, face às lógicas de hegemonia política e económica, as populações minoritárias encontram-se ameaçadas ao nível da sua sobrevivência, razão pela qual os povos e culturas em risco precisam do esforço de todos - para que o reconhecimento do seu direito à existência social e o seu testemunho cultural vivo não sejam reduzidos à condição de património morto, preservado apenas na materialidade dos vestígios monumentais e documentais ou na memória. Daí o apelo internacional que aqui partilho, no sentido de se subscrever a Petição Pela Defesa dos Nómadas do Tibete.

4 comentários:

  1. Cara Ana Paula Fitas
    Já seguiu...
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Caro Rodrigo,
    Obrigado!... como poderiamos ignorar?!
    Abraço grato e amigo.

    ResponderEliminar
  3. Que boas palavras, Relógio de Corda.
    Um abraço grato e amigo.

    ResponderEliminar