terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Perguntar, esclarece... o ruído, não!

Enquanto o desemprego aumenta desmedidamente por todo o mundo (em Espanha situa-se já nos 16%, atingindo mais de 3 milhões de pessoas) e, naturalmente, também em Portugal... mas, por terras lusas, toda a oposição esquece as respectivas divergências ideológicas para corroborar, em indistinto uníssono, acusações de má governação... entretanto, todos os países continuam a investir em esforços de sustentação da arquitectura financeira para evitar o total colapso das economias (leia-se o texto de José Manuel Dias no Cogir)... mas, o panorama partidário português recusa-se a pensar a questão... por desconhecimento, má-fé ou efectiva inexistência de alternativas sustentadas e sustentáveis?

Sem comentários:

Publicar um comentário